Novas propostas e experiências de turismo sustentável em Portugal em Mostra Nacional

Mostra de Turismo Sustentável - pela primeira vez reúnem-se no mesmo espaço vários intervenientes do Turismo Sustentável em Portugal para apresentar novas e diferenciadas propostas de fazer turismo no país.

Pela primeira vez reúnem-se no mesmo espaço vários intervenientes do Turismo Sustentável em Portugal para apresentar novas e diferenciadas propostas de fazer turismo no país. A Mostra de Turismo Sustentável, decorre no dia 16 de dezembro, entre as 11h00 e as 18h00 no antigo Picadeiro do Colégio dos Nobres do Museu Nacional de História Natural e da Ciência, da Universidade de Lisboa (MUHNAC-ULisboa).
 
Produtos gastronómicos e artesanato sustentáveis, percursos urbanos e de natureza, alojamentos locais, a marca Natural.PT, os geoparques UNESCO e as reservas da Biosfera, as grandes rotas e projetos turísticos do Turismo de Portugal, os museus e a sua programação. Ao todo são quarenta os atores-chave que estarão presentes na Mostra de Turismo Sustentável.
 
Vindos do norte, centro e sul do país os intervenientes juntam-se para dar a conhecer as iniciativas de Turismo Sustentável existentes no território nacional, mas também para discutir sobre as problemáticas que se colocam ao crescimento do turismo sustentável em Portugal como, por exemplo, «a lenta e implacável descaracterização das grandes cidades, como é o caso de Lisboa e Porto, casos flagrantes do impacto do turismo de massas e de gentrificação, que silenciosamente vão substituindo o património edificado por alojamentos turísticos e novos pontos comerciais expulsando as populações locais dos bairros mais tradicionais», explica António Monteiro, coordenador do evento.
 
A Mostra de Turismo Sustentável representa o culminar de um ano de atividades de celebração do Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento coordenado pelo MUHNAC-ULisboa numa parceria com o comité UNESCO, Matemática do Planeta Terra. «O principal objetivo desta Mostra é o de materializar o conceito Turismo Sustentável em pessoas, projetos, produtos e experiências num evento dedicado à sua promoção e à sua prática em Portugal», afirma.
Este é um tema que deve merecer cada vez mais a atenção do público e por isso também a necessidade de colocar os portugueses no centro da discussão e acima de tudo da reflexão sobre a existência de um turismo, sim, mas com sustentabilidade. «Está mais do que provado que o crescimento exponencial desmensurado da humanidade tem graves consequências e, por isso, obriga a uma urgente mudança de comportamentos. Não há futuro sem sustentabilidade e o que hoje pode parecer convidativo e benéfico a curto prazo, amanhã deixa-nos sem margem para evoluir, prejudicando gravemente o bem-estar de todos», afirma António Monteiro.
 
«Assim, colocar os portugueses a refletir sobre a necessidade de apostar num crescimento turístico diferenciado e sustentável, procurando preservar e valorizar o património natural, cultural e científico é essencial». Isto porque «não podemos querer que o Turismo em Portugal cresça sem consequências, se isso implicar colocar em causa tudo aquilo que nos diferencia e que permite ao turista descobrir o que é afinal ser português – os nossos costumes, a nossa cultura, o nosso património».
 
Na Mostra estarão presentes desde pequenas empresas dedicadas ao turismo de natureza, a associações relacionadas com a promoção cultural e a salvaguarda do património, assim como, as principais entidades regionais de Turismo.
Para além da presença dos expositores que apresentam os seus projetos e inovações, existem uma série de iniciativas num vasto programa, como o lançamento, às 15h00, do livro de receitas MUHNAC-ULisboa “Leguminosas no Ponto!”, onde se pode ficar a conhecer uma série de receitas elaboradas por alguns dos mais conceituados Chefs portugueses e onde as leguminosas ocupam lugar de destaque.
 
Prevista está também a atividade "O Mundo Num Objeto" promovido pelo MUHNAC-ULisboa, onde curadores do Museu apresentam uma seleção especial de objetos de coleção, que estarão em exibição durante todo o dia, e que, em curtas sessões, será explicado o porquê de aqueles objetos terem "o mundo lá dentro". Os visitantes terão também a possibilidade de ajudar a recuperar a floresta autóctone do nosso país através da iniciativa "Uma Árvore pela Floresta", da Quercus.
Com entrada gratuita no espaço da Mostra no MUHNAC-ULisboa, o dia 16 de dezembro promete dar a conhecer uma série de iniciativas, experiências e propostas diferenciadas para quem gosta de fazer turismo em Portugal, de forma sustentável.